Skip to content

Leonardo Boff: “Celibato é invenção eclesiástica e Igrejas midiáticas estão em pecado”

27 de setembro de 2011

Leonardo Boff

Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar no programa “É Notícia”, exibido pela Rede TV! na madrugada desta segunda-feira, o teólogo Leonardo Boff falou sobre celibato, existência de Deus e criticou as igrejas midiáticas, católicas ou evangélicas.

“Eles continuamente pecam contra o segundo mandamento, que é usar o santo nome de Deus em vão e apresentam um cristianismo que é um pequeno Lexotan para acalmar as pessoas”, diz o estudioso.

Boff foi sacerdote da Igreja Católica e ajudou a consolidar a Teologia da Libertação no país — que em suma define a pobreza como um pecado e promove um engajamento social na construção de uma sociedade mais justa e solidária. Seus questionamentos a respeito da hierarquia católica, expressos no livro “Igreja, Carisma e Poder” foi alvo de um processo na Congregação para a Doutrina da Fé, sob a direção de Joseph Ratzinger, hoje o Papa Bento XVI e que culminou em sua saída da Igreja.

Com informações da Folha.

Anúncios

Leonardo Boff: "Celibato é invenção eclesiástica e Igrejas midiáticas estão em pecado"

27 de setembro de 2011

Leonardo Boff

Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar no programa “É Notícia”, exibido pela Rede TV! na madrugada desta segunda-feira, o teólogo Leonardo Boff falou sobre celibato, existência de Deus e criticou as igrejas midiáticas, católicas ou evangélicas.

“Eles continuamente pecam contra o segundo mandamento, que é usar o santo nome de Deus em vão e apresentam um cristianismo que é um pequeno Lexotan para acalmar as pessoas”, diz o estudioso.

Boff foi sacerdote da Igreja Católica e ajudou a consolidar a Teologia da Libertação no país — que em suma define a pobreza como um pecado e promove um engajamento social na construção de uma sociedade mais justa e solidária. Seus questionamentos a respeito da hierarquia católica, expressos no livro “Igreja, Carisma e Poder” foi alvo de um processo na Congregação para a Doutrina da Fé, sob a direção de Joseph Ratzinger, hoje o Papa Bento XVI e que culminou em sua saída da Igreja.

Com informações da Folha.

2 Comentários
  1. ESDRAS NEVES permalink
    27 de setembro de 2011 14:02

    Assistindo aqui… e vou assistir denovo tem preciosidades na fala dele.

  2. EUGÊNIO permalink
    27 de setembro de 2011 16:40

    Nossa! Boff , um João Batista dentro do catolicismo brasileiro e para o cristianismo mundial!

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: