Skip to content

Marco Feliciano vira destaque na mídia por comentários sobre gays e africanos

31 de março de 2011

O pastor, e agora deputado pelo PSC-SP, Marco Feliciano causa rebuliço no Twitter com uma série de comentários sobre africanos e homossexualidade.

“Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato”, tuitou na tarde desta quinta-feira, 31, o deputado, que é pastor evangélico. Em post anterior, Feliciano escreveu: “A maldição que Noé lança sobre seu neto, canaã, respinga sobre continente africano, daí a fome, pestes, doenças, guerras étnicas!”. Em um tweet que posteriormente foi removido, o deputado afirmou que a África sofre com a “maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, aids (sic)”.

Contra gays, o pastor tuitou: “Amamos os homossexuais mas abominamos suas praticas promiscuas!”. Pelo próprio Twitter, Feliciano rejeitou as acusações de racismo: “Eu seria contra minha própria mãe se fosse racista”.

No início da semana, o deputado Jair Bolsonaro já causara polêmica ao responder a uma pergunta da cantora Preta Gil no programa CQC. Preta questionou qual seria a reação do deputado se seu filho se apaixonasse por uma negra. “Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como, lamentavelmente, é o teu”, respondeu Bolsonaro. Posteriormente, ele se retratou e afirmou que havia interpretado a pergunta como qual seria sua reação se seu filho tivesse um relacionamento gay.

Leviandade

Em entrevista ao Radar Político, o deputado Marco Feliciano reagiu afirmando que acusá-lo de racismo é “uma leviandade” e que as manifestações contra ele “chegam a dar nojo”. “Esta é uma questão teológica”, disse o pastor, que recebeu mais de 200 mil votos nas eleições de 2010. Segundo ele, os descendentes amaldiçoados de Noé se estabeleceram na Etiópia, “ou seja, no Continente Africano”. Feliciano alega que a suposta maldição “não tem nada a ver com racismo”. “É uma questão teológica, uma maldição patriarcal antiquíssima que está na Líbia”, disse.

O deputado se disse perseguido na internet “por um grupo de homoafetivos”, que, segundo ele, distorcem suas palavras. “Eu tenho quase 30 mil seguidores. Entre eles, tem gente ameaçando a mim e a minha família de morte”, disse. “Tudo o que eu escrevo, eles fazem maldade.”

Feliciano não endossou as declarações de Jair Bolsonaro ao CQC: “Só tomei conhecimento hoje. Não tenho tempo para isso, mas espero que um ser humano não se disponha a falar o que ele disse”.

Na entrevista, o pastor evangélico atribuiu, ainda, tragédias recentes – como o terremoto no Japão – ao “fim dos tempos”. “Jesus disse que no fim dos tempos haveria guerras, fomes, pestes, terremotos por causa da promiscuidade e do pecado da humanidade. Claro que um homem sem fé vai atribuir o problema do terremoto [no Japão] às placas tectônicas, mas nós, cristãos, não somos regidos por isso”, afirmou.

Fonte: Estadao.

Atualização: Em nota oficial encaminhada à imprensa na tarde desta quinta-feira, 31, o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) afirmou que o sentido das mensagens postadas em seu perfil no Twitter, entre esta quarta e quinta-feira, foi deturpado. Ao final do texto, o deputado declarou não ser homofóbico ou racista e disse estar sofrendo ameaças injustas. “Que fique bem claro aqui de uma vez por todas, NAO SOU HOMOFÓBICO. O que as pessoas fazem nos seus quartos não é do meu interesse”, disse. A íntegra da nota pode ser lida aqui.

Meus comentários:

Ainda que, na melhor das hipóteses, os povos africanos sejam descendentes de Noé ou de Cã, é bom lembrar que a maldição pronunciada por Noé não caiu sobre Cã, mas sobre seu filho Canaã (Gen 9:25). Ela já se cumpriu com a conquista da terra de Canaã por Josué e suas tropas. Não há indícios na Bíblia de que todos os descendentes de Cã foram amaldiçoados, somente o mais jovem – Canaã (Gen 10:6).

Aquilo que o deputado Feliciano categoriza como “um fato” não tem respaldo bíblico ou antropológico. Feliciano somente perpetua a lenda dos teólogos escravagistas do século retrasado que usaram este argumento como um subterfúgio teológico para escravizar homens e mulheres da raça negra.

É bom lembrar também que boa parte da instabilidade política e social da África se deve aos colonizadores europeus que, ao deixarem o continente, deixaram para trás divisões geopolíticas caóticas, cujas linhas foram desenhadas de acordo com o domínio dos colonizadores, e não de acordo com as etnias que ocupavam uma determinada área geográfica. Como resultado, tribos inteiras foram divididas por estas linhas e diversos grupos etnicos foram concentrados em uma determinada jurisdição geopolítica, razão pela qual, até hoje, diferentes grupos étnicos lutam pelo poder em uma determinada área. Assim, é razoável pensar que os brancos europeus tiveram uma maior responsabilidade pela instabilidade da África do que o patriarca Noé.

Anúncios
4 Comentários
  1. LEANDRO permalink
    1 de abril de 2011 15:08

    SEM PALAVRAS, RACISTA DESUMANO, PEDE PRA ELE ESTUDAR A PARTILHA DA ÁFRICA E VER QUEM AMALDIÇOOU O CONTINENTE , SE ELE SOUBESSE QUEM FOI OS COLONIZADORES NÃO ESTAVA FALANDO ASNEIRAS…

    ESSES SÃO OS “GRANDES” PASTORES DO NOSSO PAÍS..

  2. 11 de novembro de 2011 20:18

    Gostaria de sugerir a leitura de um artigo antropológico e bíblico teológico que escrevi para esclarecer o que a Bíblia realmente ensina sobre essa quetão da “Maldição da Raça Negra”, O mesmo poderá ser acessado aqui:

    http://ograndedialogo.blogspot.com/2011/10/raca-negra-foi-mesmo-amaldicoada-por.html

    Fraternalmente

    irmão Alex

  3. Raquel permalink
    20 de novembro de 2011 18:03

    não sou racista,e acredito também que o Pr.Marcos Feliciano também não é.Assím como acredito também que Deus abomina a homossexualidade;pois se fosse para o homem ter relações sexuais com outro homem,e a mulher com outra mulher;DEUS não teria tirado EVA das costelas de ADÃO,e sim,IVO.Logo vejo a homossexualidade como algo feio e nojento.O inimigo tem ceifado muitos jovens com a ilusão de que foi Deus quem os fez assím.Mas acreditem Deus te moldou com perfeição,te fez imagem e semelhança Dele;por isso vc deve amar alguém do sexo oposto,e,não do seu mesmo sexo.Se seus orgãos genitais forem masculino,vc tem que fazer valer isso,se forem femininos é isso que vc é.se fosse para vc homem ser mulher,Deus teria lhe dado orgãos fem,e se fosse para vc mulher ser homem,Deus teria lhe dado orgãos masculinos.Ok?refita sobre isso e mude de opinião;Deus abençoe a todos vcs,beijos.

  4. joao carlos permalink
    24 de março de 2013 23:05

    Querida Raquel vc como cristã precisa buscar em Deus, mas amor pelas almas pois dizemos que amamos os gays mas na verdade falamos deles como de pessoas depravadas minha amiga todos nos temos nossos espinhos que nos machuca e ferem uma pessoa que tem desejos por outra do mesmo sexo e se mantem longe disto por que sua educação cristã foi de que Deus reprova, ela crescer muitas vezes casam e vivem uma vida rasa na presença de Deus, pois as igreja de nada intendem disto so condenam e agridem com palavras de desafetos aos que assim vivem, pastorem que se dispõem a perseguir os que assim vivem so afim de estabelecer seus conceitos e não a vontade e o amor pelas almas querendo se destacar na midia, de nada são diferente dos gays pois muitos deles no requisito cacter tem muito mais que tais pastores enganadores que o amor de Deus esta muito longe da vontade de Deus, vivo isto a 36 anos acredito que Deus mim fez homem pra viver como homem,porem queria muito nunca sentir desejo por homem mais meu corpo não atende e vivo a 36 anos sufocando parte de minha vida escondendo meu problema pois no meio cristão não existe vidas capaz de ajudar nem tão poucos entender certamente vão dizer que e safadeza e este e o meu povo os meus chamados irmaos.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: