Skip to content

O amanhecer de uma nova década

2 de janeiro de 2011

"Trabalhador nos campos de trigo ao amanhecer" de Vincent van Gogh (1889).

No ano passado, fiz algumas previsões para a Igreja para o ano de 2010. Infelizmente, a maioria delas se cumpriu com exatidão, o que não faz de mim um profeta, somente reflete o lamentável ciclo vicioso em que se encontra parte da Igreja do Senhor.

Certamente, aberrações semelhantes às previstas para o ano passado ocorrerão este ano novamente na Igreja capitalista, mas os ramos verdes que pudemos observar em meio à estiagem da década que se findou são o arauto de um novo tempo que se inicia.

A década de 2000 foi marcada por uma Igreja que, no espírito e na força de Babel, fez do seu alvo tornar-se grande e poderosa – ao que se deve muitos dos atuais escândalos que mancham sua reputação. Mas o ano de 2010 não terminou sem que antes fosse igualmente testemunha de pequenas raízes que discretamente brotam em terra seca – uma Igreja que anda na contramão de Babel e do sistema deste mundo.

Há uma Comunidade Divina que espontaneamente emerge fora dos arraiais do capitalismo evangélico. Como pequenos e insignificantes gafanhotos, estes não possuem rei, mas sincronizada e profeticamente marcham enfileirados rumo a um propósito e um destino (Prov. 30:27) sob o comando de um só Rei. São como João Batistas, sem títulos, pedigrees ou linhagem clerical, que do deserto clamam por arrependimento e profetizam o início de uma nova Igreja no amanhacer de uma nova década.

Uma Igreja com menos caciques e mais servos. Com menos teólogos de laboratório e mais lavadores de pés.  Com menos consumidores e mais obreiros. Com menos intelectuais de mente inflada e mais servidores de mãos calejadas. Onde o pobre é servido e não explorado. Onde ovelhas são amadas e não usadas. Onde menos pessoas reclamam da Igreja e mais pessoas aprendem a ser Igreja.

Para encontrar a Igreja que Deus almeja, torne-se primeiro a pessoa que Deus deseja. VOCÊ é a boa semente do Reino! Sirva os pobres, cure os enfermos, desate os endemoninhados, visite os encarcerados e anuncie o Reino de Deus nesta nova década. A Igreja que buscamos está lá fora, esperando que alguém a encontre.

Uma década de bênçãos e muita revelação de Cristo e seu Reino para todos os amigos de P&V.

© Pão & Vinho

Este texto está sob a licença de Creative Commons e pode ser republicado, parcialmente ou na íntegra, desde que o conteúdo não seja alterado e a fonte seja devidamente citada: http://paoevinho.org.

Anúncios
2 Comentários
  1. cristina permalink
    3 de janeiro de 2011 22:17

    LINDO TEXTO , FOI REALMENTE UM PRESENTE DE DEUS QUE RECEBEMOS NO ANO DE 2010 AO ENCONTRAR O ” PÃO E VINHO”. TEM SIDO DE GRANDE VALIA OS ASSUNTOS ABORDADOS NOS TEXTOS POSTADOS. QUERIDO AMIGO HUGO , QUE DEUS LHE ABENÇOE TODOS OS DIAS DE 2011, QUE VC POSSA TER TEMPO PARA POSTAR BASTANTE (TODOS OS DIAS…. QUE DEUS O AJUDE) POIS VC TEM NOS AJUDADO A NOS ENCONTRARMOS COMO IGREJA , E DEUS TEM ESTADO PRESENTE A CADA REUNIÃO.
    UM ANO CHEIO DE BENÇÕES PARA VC E SUA FAMÍLIA.
    ABRAÇOS DA IGREJA QUE ESTÁ NOS LARES AQUI EM SÃO ROQUE.SP.

  2. 3 de janeiro de 2011 22:40

    Obrigado pelas palavras de apoio, Cristina. Fico emocionado em saber que este trabalho tem ajudado vocês em algo.

    Um abraço para você, para sua família e para a Igreja em São Roque – SP. Quando puderem, peça para os irmãos orarem por nós – por mim, minha esposa Cristiane e por meu filho Daniel.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: