Skip to content

Família: a boa semente da Igreja

10 de setembro de 2010

Por Almeida Junior:

A base de um entendimento sólido sobre iniciar uma igreja deve estar focado na questão “fluir naturalmente”. Uma vez que se esteja consciente de que a igreja não é uma organização, mas sim um organismo, o processo deve simplesmente acontecer.

Obviamente o ápice da igreja de Cristo resume-se na família. Jesus reconquistou para todos nós o direito de outra vez fazermos parte da família de Deus. Nele foi nos dado o direito de sermos feitos filhos de Deus. O que quero dizer é que Deus colocou na família tudo o que é necessário para iniciar sua igreja. A boa semente da igreja está dentro da família. Não é por acaso encontrarmos tanta destruição em meio as famílias na nossa geração. A família é um alvo do diabo, uma vez que ele consiga destruí-la ele está literalmente destruindo a igreja e consequentemente uma cidade, uma nação.

Jesus disse: Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome ali Eu estarei. Observe que uma família começa com duas pessoas. Homem e mulher, que quando se unem se tornam uma só carne. Um jovem casal que se dedica ao aprendizado e a obedecer a vontade de Deus naturalmente começaram uma igreja. Logo virão os filhos e então pais sábios ensinarão estas crianças no caminho em que devem andar. Consegue ver o plano de Deus para a Sua igreja acontecendo naturalmente dentro de uma família?

Obviamente que a sua conduta e o seu testemunho deve atrair a atenção de outras pessoas que se relacionam com você. É natural você gerar amizades e convidá-los para um almoço no final de semana não é? Logo, com esta mesma naturalidade vocês podem em meio ao almoço, ou mesmo descontraídos na sala, ou no quintal (enquanto o banquete está sendo preparado) estarem conversando e testemunhando sobre sua fé. Isso é a igreja fluindo naturalmente, onde a vida acontece.

Talvez você diga que não tem muito conhecimento da bíblia, mas isso é fácil de resolver: dedique-se a leitura e ao aprendizado e O Espírito Santo vai te ajudar. Ou quem sabe você conhece algum irmão que tem mais conhecimento que você, que é mais experimentado que você e neste caso se você realmente identifica Cristo na vida desta pessoa, procure aprender juntos, ouvir o Espírito Santo juntos. Desta forma os dons do Espírito Santo repartido entre vocês será reconhecido naturalmente.

Ninguém precisa ter um título de mestre, pastor, evangelista ou profeta: aqueles que receberam estes dons serão reconhecidos naturalmente pelos demais. Até porque para a igreja reconhecer um pastor por exemplo é preciso passar tempo com ele, conviver com ele, num nível de comunhão bastante estreita –  não basta a pessoa cair de paraquedas com um diploma no bolso, uma carta de recomendação, ou coisa deste tipo.

Um pai de família não precisa necessariamente ser um pastor para ser igreja junto a sua esposa e filhos. Por outro lado qualquer pessoa com pouca ou quase nenhuma experiência (vivida) terá dificuldade para ser reconhecida pelos demais irmãos como sendo alguém apto a função de pastor. Estar compartilhando da palavra de Deus a nível de ensino e discipulado não se trata de somente adquirir conhecimento da letra é preciso que o tal tenha experiência de vida com Deus e isso leva tempo e é bem por isso que a bíblia chama, o que hoje conhecemos por pastor, de ancião, homens vividos e experimentados na fé, aptos a dar conselhos seguros aos mais novos.

Bem, leia o livro de Atos e você logo vai perceber a igreja acontecendo de casa em casa. A razão para isso? A casa é o habitat natural da família, ali encontramos o nível de comunhão necessária para que a igreja aconteça na sua essência.

Que a benção do Senhor Jesus esteja presente na igreja que se reúne em sua casa.

Fonte: Começar uma Igreja. Título original: Começar uma Igreja.

Anúncios
4 Comentários
  1. cristina permalink
    10 de setembro de 2010 9:56

    Graça e paz Hugo, lindo esse post , tenho vivido esse novo de Deus com a minha família e com a família de amigos no lares deles. Posso afirmar que o Espírito Santo tem estado presente a cada reunião , é sem par tamanha alegria e comunhão que estamos desfrutando juntos. abraços.

  2. 11 de setembro de 2010 16:17

    o autor deste texto
    O Irmão
    Almeida Junior.
    CRATO
    Ceará
    Brasil
    Acesse a pagina dele http://www.cdsdabiblia.blogspot.com/

  3. 13 de setembro de 2010 17:02

    Obrigado, Solon.

  4. Alexandre permalink
    20 de setembro de 2010 16:51

    Estou abandonando minha religiosidade quero começar do zero, sou cristão há 16 anos e só agora tomei conhecimento da farsa que vivi enfiado em um templo e viciado em igreja. Agora meus olhos, os olhos do coração tem sido abertos. Chegou o tempo de mudar! Lembrar do lugar onde cai e recomeçar. Eu só quero a simplicidade do Evangelho pois o Evangelho é simples. Quero ser orientado pelos meus irmão sobre a Igreja Orgânica.

    MEU E-MAIL PARA CONTATO: sancosta777@yahoo.com.br

    Esse artigo é um bom começo. Obrigado.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: