Skip to content

Luteranos fazem retratação histórica

23 de julho de 2010

Bispo Mark S. Hanson (esq.) e Rev. Danisa Ndlovu (dir.)

A 11ª. Assembléia da Federação Luterana Mundial (FLM), realizada em Stuttgart na Alemanha, aprovou nesta última quinta-feira (23 de julho) uma declaração oficial retratando-se publicamente por atos violentos contra anabatistas no passado, convocando a todos os luteranos no mundo a expressarem seu arrependimento.

Na declaração, intitulada “Ação contra o legado luterano de perseguição aos anabatistas”, a assembléia se arrependeu da violência usada contra os anabatistas e pela maneira como os reformadores promoveram perseguições no passado por meio de argumentos teológicos.

A declaração pede perdão “a Deus e aos nossos irmãos e irmãs menonitas” não somente pelos erros de 500 anos atrás, mas também pela maneira como os luteranos se esqueceram ou ignoraram este triste episódio – ao continuarem descrevendo o movimento anabatista de forma perniciosa.

Mark S. Hanson, presidente da FLM, descreveu o ato como “o legado mais significante deixado pela assembléia” – o mais alto corpo governante da denominação. Em resposta à declaração, o Rev. Danisa Ndlovu, presidente da Conferência Menonita Mundial, após um discurso emocionado, presenteou a FLM com uma tina de lavar pés em um ato simbólico de reconciliação e serviço, comprometendo-se assim a um futuro onde “a marca distintiva das relações entre luteranos e anabatistas-menonitas será a do amor e serviço mútuos.”

Reportagem completa: The Christian Post. Tradução: Paoevinho.org

Leitura Recomendada

Cristão Reformado? Não. Cristão ReforMANDO.


Anúncios
One Comment
  1. Esdras Neves permalink
    24 de julho de 2010 19:08

    Vou fazer uma pergunta…provocativa:
    LUTERANOS SÃO SEGUIDORES/DISCÍPULOS DE QUEM?
    LUTERANOS SÃO O QUÊ? PESSOAS QUE CRÊM E SEGUEM ESTE?
    JÁ FORAM DUAS PERGUNTAS.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: