Skip to content

Marina Silva diz sofrer preconceito por ser evangélica

1 de novembro de 2009
Marina Silva

Marina Silva

A senadora Marina Silva (PV-AC) afirmou nesta terça-feira que nunca atuou como parlamentar em defesa dos interesses específicos dos evangélicos e disse que muitas vezes sofreu preconceito pelo fato de ser cristã evangélica, apesar de ser a religião que mais cresce no Brasil hoje.

Em visita a Washington, a senadora disse ainda que as pessoas que se opõem às suas ideias gostam de distorcer sua opinião qualificando-a de intransigente defensora do criacionismo e contra o aborto.

– Muita gente me diz: como você pode ser tão inteligente se você é evangélica? Eu não sei se isso é um tipo de preconceito, mas acho que há muitos equívocos sobre a minha fé religiosa e minha atuação política.

Eu defendo o Estado laico, não acho que o Estado tenha que tomar partido desta ou daquela religião e acho ate que os evangélicos são muito agradecidos pelo Estado laico brasileiro, que os permitiu crescer como religião.

Sobre o aborto, Marina defendeu que o assunto não seja regulamentado pelo Executivo diante das opiniões muito divergentes sobre o tema. Para ela, o melhor caminho seria um plebiscito.

Fonte: Gospel +

Anúncios
4 Comentários
  1. Evelin Olívia Fróes permalink
    1 de novembro de 2009 14:37

    Já sei, para ser inteligente a pessoa tem que ser ou atéia ou católica. Ser evangélico é sinônimo de baixo QI… muito estranho. O povo mais perseguido e odiado do mundo é o judeu, com um número considerável de superdotados, gênios e profissionais bem sucedidos… Como poderiam gênios do quilate de Einstein, Ignacy Sachs, Woody Allen, Charlie Chaplin, Theodor Herlz (líder do Sionismo), aquele compositor austríaco de música clássica (Hugo, minha memória pifou, você sabe?), etc. serem considerados raça inferior pelos nazistas e neonazistas? Sem falar da cereja do bolo: Johann Sebastian Bach, considerado pelos especialistas o maior compositor de música clássica de todos os tempos e… tchã, tchã, tchã, tchã… EVANGÉLICO!
    Conclusão: a Marina Silva sofre sim preconceito! Sem dúvida!

  2. Hugo permalink*
    2 de novembro de 2009 2:59

    Evelin Olívia Fróes: O povo mais perseguido e odiado do mundo é o judeu, com um número considerável de superdotados, gênios e profissionais bem sucedidos… Como poderiam gênios do quilate de Einstein, Ignacy Sachs, Woody Allen, Charlie Chaplin, Theodor Herlz (líder do Sionismo), aquele compositor austríaco de música clássica (Hugo, minha memória pifou, você sabe?), etc. serem considerados raça inferior pelos nazistas e neonazistas?

    Seria Johann Strauss (compositor do Danúbio Azul)?

  3. Evelin Olívia Fróes permalink
    2 de novembro de 2009 14:47

    Não Hugo, eu sei que o sobrenome dele começa com a letra M e ele usava óculos… um dia eu vou me lembrar…

  4. Evelin Olívia Fróes permalink
    3 de novembro de 2009 15:13

    Acaba de Falecer Claude Lévi – Strauss, mais um gênio judeu. Como poderia esquecer – me dele?!

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: